Cenas Fixes – Star Wars KOTOR para IPAD, YOU e World’s End (+ GIF bónus)

Primeiro as más notícias. Um dos melhores videojogos de sempre acaba de ser lançado para o iPad. Star Wars The Knights of the Old Republic (2003) é um Role-Playing Game tremendo, com mais de 40 horas de jogo e uma narrativa mais bem construída do que qualquer filme Star Wars das prequelas. A mecânica pode estar um pouco datada, mas a história, as personagens e toda a dinâmica do jogo fazem dele um essencial para quem goste de RPGs, de Star Wars, e de se deixar fascinar pela complexidade de um jogo bem construído

É uma má notícia porque ando há imenso tempo a pensar que gostava de (re)jogar o KOTOR – nem costumo (re)jogar jogos – e sair uma versão para iPad, ao mesmo tempo que devia estar a entrar na fase final de escrever uma tese, não é nada nada nada bom. Acho que vou ter de negociar comigo algo do género: escrever 5 mil caracteres dá direito uma hora de jogo.

Uau, faíscas!
“Então, amigo, é para destapar as orelhas? Vzooomm”.

Passando para livros mas continuando no mundo dos videojogos, li há uns dias no GeekDad um post sobre o novo livro do Austin Grossman – YOU, que se resume nesta frase:

YOU does for the video game industry what Michael Chabon’s The Amazing Adventures of Kavalier and Clay did for the comics industry: it tells a fictional origin story that is inspired by fact. It paints a portrait of the pioneers of video games, their heady ambitions to change the world.

Deixou-me muito curioso. Mais um livro para adicionar à pilha de talvez um dia vá ler isto. Bom, nestas férias de Verão(?), já que não posso beber muito, posso sempre dar-lhe na leitura.

stes
Além de ter esta bonita capa, que evoca o não menos bonito videojogo Superbrothers: Sword & Sworcery também para iPad.

 

Saiu também, há uns dias, o primeiro trailer completo do novo filme da dupla Edgar Wright / Simon Pegg, – World’s End – o terceiro na Trilogia do Cornetto de Três Sabores. A avaliar pela qualidade do Shaun of the Dead ou do Hot Fuzz temos razões para estar entusiasmados. Os filmes podem ser descritos como sendo uma sátira / paródia a géneros bem conhecidos (filmes de Zombies no caso do Shaun of The Dead e filmes buddy cop no Hot Fuzz), mas fazendo ao mesmo tempo uma homenagem aos mesmos, na onda de filmes como o Scream ou das colaborações do Will Ferrel com o Adam McKay (Anchorman, Other Guys, etc.).

 

Bónus: uma representação perfeita em gif (por aqui vamos sempre dizer “guif” e não jif, ok?) do jogo de computador mais frustrante de todos os tempos – QWOP:

Consegue chegar mais longe do que eu quando tentei.
Consegue chegar mais longe do que eu quando tentei o jogo.

O jogo está aqui – http://www.foddy.net/Athletics.html – mas não vos aconselho se forem pessoas que lidam mal com a frustração. Bom fim-de-semana.

E agora? Podem ir à página dos melhores posts (escolhidos por mim), subscrever o blogue por e-mail (se forem esse tipo de pessoa), ou fazer 'gosto' na página do Facebook e ter acesso a mais paisanices:

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*